O chef está nu



Se você ainda não ouviu falar dele, seu momento chegou. Porque você precisa ouvir falar dele. Jamie Oliver é o chef de 29 anos que revolucionou a cozinha britânica. Frase interessante de George Mikes: "on the Continent people have good food; in England people have good table manners". "Grandes coisas", você deve estar pensando, "a cozinha deles é tão sem graça que revolucionar é moleza!". Mas não deve ter sido sopa para o moço. Mudar os (pre)conceitos culinários da grande Inglaterra e salvar os britânicos de décadas e décadas de vísceras e pudins esquisitos... é uma tarefa e tanto! E, felizmente, não foi só na mesa dos ingleses que cara se enfiou. A tv ficou mais alegre e colorida quando o lindo Jamie Oliver ganhou seu primeiro programa.
Jamie começou a cozinhar com uns oito anos, assim que teve altura suficiente para alcançar os fogões do The Cricketers, restaurante/pub que os pais tinham em Essex. Quando deciciu sobreviver às custas da cozinha, estudou muito, foi pra França e rodou vários restaurantes, aprimorando a técnica hoje famosa. Em 1997 foi convidado para mostrar seu rostinho bonito na televisão. E seu primeiro show, The naked chef, foi um sucesso instantâneo, que trouxe pra frente da telinha gente que jamais se interessaria por um programa de culinária.
A idéia do programa é despir a comida de suas camadas de pedantismo, usando sempre ingredientes frescos mas sem frescura, fazer uma comida simples e gostosa. Por isso "o chefe nu". Apesar das preocupações da vó de Jamie, ele não cozinha pelado. Não que alguém fosse se importar, mas vá lá...
Logo o inglesinho bonito resolveu escrever livros, que foram todos bestsellers, e seguiu fazendo um programa atrás do outro quando o The naked chef acabou.

No programa (o primeiro que eu vi dele e por isso ainda o que eu mais gosto), o moço cozinha com graça, prepara pratos gostosos com muita rapidez, capricha nas ervas frescas e no azeite de oliva, e vai batendo papo com seus convidados, amigos, vizinhos, crianças, todos sortudos que vão experimentar o prato que enche a boca d'água dos que estão em casa. Além disso, pode-se passear com o Jamie por Londres, ele no seu scooter e muito rock de trilha sonora.
Vários outros programas e livro vieram, e em 2002 Jamie começou um novo projeto. Fifteen reúne 15 jovens desempregados, entre 16 e 24 anos, lhes ensina a ser chef. Tudo de graça. Depois os jovens vão cozinhar no restaurante Fifteen, mantido por Jamie em Londres, e seu processo de aprendizado virou série de televisão com audiência recorde para o gênero: umas 6 milhões de pessoas por programa. E melhor: todo o lucro do restaurante vai para os jovens cozinheiros. Bonito e bom moço!
Agora é a sua vez, vá procurar o cara! The naked chef passava aqui no Brasil escondidinho no meio do Mundo à la carte, do canal People + Arts, mas hoje pode-se ver Jamie Oliver no Gnt (Os truques do Oliver).
Não deixe de procurar. Você não vai se arrepender.

SERVIÇO:

Site do moço bonito (com receitas, biografia, diário, muita coisa.
Mil receitas dele (mentira, são 194) em inglês.
Mais algumas receitas em inglês.
Compre os livros do Jamie.

3 comentários:

Anônimo disse...

Comentário comlemento: a língua presa dele é uma charme a mais no programa. E aí do fonoaudiologista que falar que isso é um problema que pode ser resolvido em 10 sessões.
Mel

joana pellerano disse...

Ha, ha, que ninguém ouse cometer uma blasfêmia e soltar a língua do moço!!!!

Franciele disse...

Adoro a a trilha sonora do programa do Jamie...
Alguém saberia me dizer quem canta a música?