It's stout time

Fãs da stout irlandesa, uni-vos. É dia de beber Guinness. Por quê? Porque eu digo. Todos os dias, aliás, são tão bons quanto. A amarga e encorpada cerveja preta vai sempre bem, e quem não provou é feio e cara de melão.
Dublin, na Irlanda, é considerada a stout town, porque lá é a cidade mundial das pretinhas. Milhões de fábricas ficam por ali, incluindo a da Guinness, e beber um pint no pub é mais popular que ataque do IRA (péssimo!).
Foi lá que sábio Arthur Guinness apostou que podia viver de fazer cerveja. Isso em 1759. Arthur alugou o local onde fica a fábrica da Guiness por nove mil anos. Ele pagava 45 libras por mês no início. Espertinho que só, garantiu à sua empresa ainda muito tempo antes de ter que se preocupar com isso de novo...
Os trabalhadores ganham cerveja todos os dias, além de serem muito bem pagos, e não é preciso mais nada de motivação para fazer uma das melhores cervejas do mundo.
Dentro do pint de Guinness tem malte irlandês, água de Dublin, lúpulo e levedura. Seu processo de preparação leva duas semanas do grão ao copo. Um pint de Guinness é recomendado para aproveitar calminho com seus amigos num domingo de tarde, entornar no balcão de um bar numa sexta à noite, acompanhar uma bela refeição ou todos os anteriores. Não há tempo ruim para uma Guinnes, essa bebida cheia de truques e segredos.
Mas há um tempo em que é melhor ainda beber essa cerveja. Chama-se St Patrick's day. Pode ser só um dia por ano, mas se bebe cerveja por uns três milênios. Esse dia foi criado em homenagem ao tal São Patrício, santo padroeiro da Irlanda, que diz a lenda era chegado num copinho. A galera da Irlanda vai pro boteco (pub que chama, na verdade) e enche a cara o dia inteiro. Os bartenders deviam ganhar férias de três meses para cada dia do São Patrício.
Servir um belo pint é uma arte levada muito a sério em toda a Inglaterra. Antes o tempo padrão para formar um bom servidor de Guiness era de sete anos, número que baixou para cinco não faz muito. Isso porque não é só colocar no copo. Tem que encher um pouquinho, deixar assentar, colocar o colarinho cremoso. Todo o processo deve demorar 119 segundos. Uma arte.
A Guinness é a sexta cervejaria do mundo, e suas vendas chegam ao incrível número de 2,7 bilhões de litros de cerveja por ano. É a cerveja premium mais distribuída no mundo, produzida em 55 países e comercializada em 155 países, possuindo 80% de participação no mercado mundial de cerveja preta. São 170 mil pubs vendendo 10 milhões de pints por dia. Bonito.
Mas quem mora pelos cantos não acha um bar com a cerveja assim tão fácil. A fábrica boazinha então fez uma boa ação. Há uns dez anos a Guinness desenvolveu o sistema de chopp em lata, alcançando uma tecnologia jamais vista no mercado cervejeiro. Se não tem no bar, tem no supermercado!
Sem desculpas, mate! Coloque já o seu brochinho "kiss me, i'm irish" e saia por aí com uma Guinness na mão. Vão achar que você é doido, mas é aí que você bebe um bom gole de Guinness. Ela não vai deixar você se importar..

PETISCOS:

Receita de bolo de Guiness (em inglês)
Receita de chili com Guiness
Receita de beef & Guiness stew (em inglês)

Site da Guiness
Teste de personalidade dos bebedores de Guiness

2 comentários:

Anônimo disse...

Since now you are invited to take a pint in an irish pub in Liverpool. Is it ok for you? :o)
Mel

joana pellerano disse...

all right, mate!