Um Amor Salgadinho

Comida como personagem

Quando aparece filme de criança no festivais de cinema da vida as pessoas sempre se sentem na obrigação de gostar. Do tipo "que gracinha, a criança tem cérebro e até fez um filme!". Não que não seja grande coisa. Mas tem filme que não merece. Filme ruim mesmo. Fazer o que, se adulto faz filme ruim porque criança não ia ser igual? Mas, constrangedor, as pessoas forçam um sorrisisinho, um elogio. Ai.
Mas de vez em quando um filme de criança merece o aplauso. E ele vem muito aliviado por ser sincero. É mais bonito. E eu vi isso acontecer outro dia no Vitória Cine Vídeo.
Em uma das últimas noites "Um Amor Salgadinho" (São Paulo, 2004, 5') pegou todo mundo de surpresa. O curta foi feito numa oficina chamada Kinoforum, que pretende "aproximar a população do cinema enquanto forma de expressão popular; viabilizar a produção de filmes em formato digital - com baixo custo e facilidade de realização, além de estimular o crescimento e o interesse dessas comunidades no que se refere à produção cultural e audiovisual como um todo". Pois é, tinha tudo pra dar errado.

Pois as oito crianças (Camila Ramos Verdum, Ingrid Rodrigues Gonçalves, Juan Borges Berruesco, Lorenço Menezes Vieira, Melina Galvão da Silva, Regiane Bueno da Silva, Renata Cristina Freire Idrani Taccari e Rafael Lobato Rafael) fizeram tudo: direção, roteiro, produção executiva e fotografia. E criaram uma historinha simpática. A trajetória da coxinha que vê sua vida ameaçada por um bebum em busca de companhia pra sua cerveja conquista no primeiro minuto. A cena dos frangos de padaria já faz isso, na verdade. E os risos e palmas foram bem merecidos.
Saí do festival aquele dia com a sensação de que a noite não tinha sido perdida. Não que minha opinião cinematográfica valha muito. Óbvio que você não precisa acreditar me mim. Façamos o seguinte: tem um site que promete a exibição do filme. Vai lá e depois me conta.

2 comentários:

Melina disse...

Oiii eu sou a Melina que fez este filme!! Gostei muito da sua resenha a respeito do filme...heheh mas eu não sou criança hehe era uma oficina de jovens entre 18 e 22 anos....

joana pellerano disse...

ops, me enganei então... falando nisso, o filminho já está no youtube (http://www.youtube.com/avidadollars) e no orkut (http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1294886). luxo, não?