Café da manhã



Não é sempre que a Globo traz uma boa surpresa. Ainda mais às 7h15 da manhã, quando poucas coisas são uma boa surpresa. Mas o Bom Dia Brasil de sexta garante um agrado para quem gosta de assistir comida. É o Arte da Mesa, quadro semanal apresentado pela jornalista Sandra Moreyra.
Às vezes um pouco afetada, até a própria Sandra é uma boa nova nesse pedacinho de telejornal que viaja pelas cozinhas internacionais, ensina a cozinhar e a gostar de saber de comida, principalmente pra quem não tem tv a cabo, e só conta com Ana Maria Braga e dois ou três programetes que mais propagandam que cozinham.
Dia desses então foi a coisa mais bonita. A equipe foi no Rio procurar as tias da Portela, cuja cozinha famosa virou livro do jornalista Alexandre Medeiros. Elas ensinando a cozinhar com ingredientes simples, a musiquinha acompanhando, e o cinegrafista comendo o franguinho com quiabo me deixaram feliz pelo resto do dia.
Aí eu tenho que admitir que é um bom presente, ótima companhia pro pão com geléia, o café da manhã fica mais animadinho e acordar cedo na sexta-feira, um pouco menos penoso. Bom, só um pouco.


Receitas das tias:

Galinha com quiabo (D. Neném)
Ingredientes:
2 galinhas grandes
3 kg de quiabo
2 cabeças de alho
Tomate
Cebola
1 molho de cheiro-verde
1 molho de salsa
1 kg de fubá de milho para a polenta
Sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:
Escolha duas galinhas grandes, mande matar e limpar num abatedouro. Corte-as em pedaços grandes (o peito, por exemplo, em quatro). Lave bem os quiabos, seque com pano de prato e corte ao meio cada um. Os pedaços devem ficar do tamanho aproximado de um dedo mindinho.
Em uma panela grande, refogue alho, tomate, cebola, cheiro-verde, salsa, cebolinha, sal e pimenta-do-reino. Coloque os pedaços de galinha para cozinhar. Quando estiverem bem cozidos, retire os pedaços de galinha, baixe o fogo e reserve.
No mesmo refogado da galinha, coloque o quiabo para cozinhar. Quando estiver cozido, traga de volta a galinha para a panela e misture com cuidado para não desfazer os quiabos. Sirva acompanhado de arroz branco e polenta.

Dicas:
"Para o quiabo não dar baba, eu não tenho segredo especial. O meu não fica porque eu seco com pano antes de colocar na panela. E não deixo ele desmanchar no cozimento".


Feijão Amigo (Tia Surica)
Ingredientes:
1 kg de feijão
1 kg de toucinho fumeiro
1 pedaço de carne-seca para dar gosto
1 cabeça de alho
2 cebolas
1 molho de cheiro-verde
Sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:
Cozinhe o feijão e depois coe, retirando todos os caroços. Reserve o caldo. Em uma panela grande, faça um refogado com um pouco de óleo, alho socado, cebola picada, sal e pimenta-do-reino. Deixe alourar e então junte o caldo de feijão coado, mexa bem para engrossar e pegar gosto. Adicione à mistura um pedaço de carne-seca. Mas depois bata o caldo no liquidificador para que o único vestígio da carne-seca seja o sabor.
Corte o cheiro-verde bem miudinho e reserve. Em outra panela, coloque para dourar alho socado na gordura do toucinho fumeiro, este cortado em pequenos pedaços. Quando os torresmos estiverem bem fritos, apague o fogo e reserve. Sirva o caldinho em copos, colocando por cima de cada porção um punhado de torresmo e outro de cheiro-verde picado.

Nenhum comentário: