BBB: eu assisto

Eu tenho que assumir aqui, em público, para todos vocês meus cinco leitores, que eu estou viciada em Big Brother. Já aconteceu antes, claro. Mas eu achei que, depois de perder os BBB 6 e 7 por estar viajando, estava curada.
Mas que nada. Foi só Paulo Ricardo começar a cantar com sua bola de pêlos na garganta que lá estava eu, olhos grudados na telinha. E torcendo, minha gente. Porque ver é uma coisa, mas comentar na rua que fulano é babaca porque botou no paredão o cara para quem você está torcendo... ai ai.
Eu, como boa capixaba/bairrista, estou torcendo para o capixaba, claro. Sabe o Marcos, aquele hiperativo esquisito que passou no vestibular de física da Ufes? Ele. Coincidência ou não, é justamente o Marcos que impede que as pessoas passem sem comida e morram de inanição, só pele, osso e implante de silicone.
Então, em homenagem ao capixaba, uma espiadinha...

Nenhum comentário: