Bolo no palito e no papel alumínio


Tinha o petit gateau. Aí vieram os muffins. Os crepes de Nutella. Os brigadeiros gourmet. Depois, os cupcakes decorados. A moda nas docerias é um capítulo à parte em qualquer cena gastronômica. Um belo dia alguém acorda de manhã com a ideia de fazer um docinho novo. Quando chega a hora da janta 85 outras pessoas já replicaram a ideia nas suas lanchonetes, inundaram as festinhas de aniversário e criaram uma nova versão com chocolate belga e pistaches.
Não há horizonte no caminho criativo e inesgotável das docerias brasileiras. Prova disso é a atual moda açucarada chamada bolo no palito. Alguém achou que o guardanapo não era bom o suficiente e tacou o bolo com suas devidas coberturas e confeitos num palitinho de churrasco.
Eu sei que é nostalgia, mas tenho que confessar que sinto saudades daquele bolo gelado que vinha embrulhadinho no papel alumínio e escondido na caixa de isopor em forma de... bolo. Não tinha palito, nem pistaches, nem design. Mas era mais autêntico na sua simplicidade de leite condensado. 


2 comentários:

Maria disse...

Também sinto muita saudade daquele bolo gelado!! Nossa, que delícia essa lembrança!
Mas convenhamos, que esse no palito aí da foto é uma gracinha, isso é.
Beijo!

joana pellerano disse...

Nunca conheci um bolo que não tenha achado uma gracinha, Maria :o)