Espírito de Natal (o amigo secreto Foodblogs)

Os adultos perdem um pouco o sentido do Natal com o tempo. Acho que é normal. O que era festa vira obrigação de enfrentar trânsito e shopping lotado pra comprar presente, um rombo no cartão de crédito, cartões virtuais para criar ou responder, uma ou outra festa da empresa na pior data possível. Eu estava nessa onda. Por sorte, um desses acontecimentos casuais me resgatou e jogou no meio de uma poça de espírito natalino que eu não sentia há anos.
Descobri por Twitter, casualmente, o amigo secreto FoodBlogs, organizado pela Danido CineBistrot.Entrei no meio sem pensar muito. E foi um sufoco.
Fiquei super nervosa quando comecei a ver os presentes sendo entregues, cheios de carinhos, surpresinhas e coisas de chocolate. O "sortudo" que eu tirei, Claudio do Pappilon, chegou a passar cinco horas em pleno sábado perto do Natal na 25 de Março! Isso pra mim era o auge, não tinha como superar! Fui até choramingar com a Maria do Diga Maria!, mas o jeito era botar a mão na massa mesmo. Reuni meus talentos culinários e criativos e bolei um kit bastante desconexo, mas executável.
Me veio aí o primeiro shot de Natal. A supracitada Maria me mandou, da bondade do seu coração, uma caixinha cheia de cookies e brownies, além da fofa árvore de feltro com sementinhas pra eu plantar. Foi tão bonito chegar em casa e encontrar essa surpresa que entrei no clima de deixar meu amigo secreto com essa mesma sensação.
Saí numa noite chuvosa para entregar, e, como não tinha ninguém em casa, espremi a caixinha pela grade e deixei o presente esperando seu dono no meio da garagem. Nessa hora, me senti o próprio Papai Noel. Foi muito divertido pensar na reação do Claudio. Um exemplo de alegria que vou guardar no arquivo de memórias de espírito de Natal.
À essa altura nem me lembrei que ainda havia uma etapa: meu amigo secreto tinha que gostar do presente. Eu já estava feliz com meu dever cumprido. E aí, ele gostou! Copio aqui suas próprias palavras:

"A Joana caprichou muito. Deu pra sentir o carinho em cada detalhe, tudo etiquetadinho, bem embalado, coisa que o brutamontes aqui não sabe fazer. Fiquem com a descrição das coisitas que são de dar água na boca:


- Uma "marmitinha" com cantucci de castanhas de caju e amêndoas (não resisti, já comi duas fatias, deliciosas)
- Um potinho com vidro charmoso com sal de cítricos
- Um potinnho de vidro charmoso com geléia de morango com gengibre e baunilha
- Mais um potinho charmoso com pesto de ervas
- Um vidrinho de azeite de sálvia
- Um vidrinho de azeite de pimenta rosa
Todos os itens acima feitos artesanalmente
E mais:
- Uma espátula e uma colher de madeira, lindíssimas
- Um aventual com estampa de pizza, pintado à mão
- Um CD com imagens de "filmes de comer"
Para arrematar
- um gorrinho de papai noel
e até a caixa do pacote será útil pois dá pra guardar várias coisas." 

Mas faltava outra parte: ganhar o meu presente. E haja ansiedade! Quando a campainha tocou e vi o amarelinho do Sedex o coração pulou! E era o presente da Luciana Betenson, do Rosmarino.
O negócio veio caprichado. Tem açúcar de maple (amo maple, então acertou na mosca!),  sementes de papoula, forminhas de cupcake de Natal, um ralador extremamente prático, uma espátula linda e, chave de ouro, biscoitinhos de pecãn que a Luciana fez, e que tem um gostinho de infância, uma coisa deliciosa!
Gostei muito de receber, enviar e todos os meios de campo dessa experiência. Foi uma delícia ver o pessoal trocando emails com as descrições dos presentes, saber quem tirou tem e como funcionou a cabeça criativa de cada presenteador. Principalmente se pensar que a maior parte desse povo nem se conhece, e parou a vida pelo menos um tempinho para presentear com tanto carinho um completo estranho. Espírito de Natal mode on.
Deu pra entender que eu adorei, certo? E que ano que vem quero de novo?

3 comentários:

Maria disse...

Amei o post!! E adorei saber que despertei em você um pouco desse espírito! Acho que esse mundo virtual, quando bem utilizado, pode nos propiciar muitas experiências positivas e trazer muitas pessoas queridas.
Grande beijo! E por que não (eu não gostava de dizer isso) Feliz Natal!

Luciana Betenson disse...

Joana, adorei seu post ;-) Que bom que você gostou do presente e especialmente dos biscoitinhos! E fiquei feliz em saber que gosta de maple, eu também adoro. Foi tão corrida a minha volta da viagem que quase não deu tempo de assar os biscoitos para por junto com o presente e mandar a tempo de você recebe-lo! Também tô adorando participar do amigo-secreto e ver todo mundo recebendo os preseninhos! Um beijo e Boas Festas,

joana pellerano disse...

Muito obrigada, mocinhas natalinas!