Apps da fome

Está perdido nas escolhas comestíveis fora do seu CEP? Não tema: já reparou que hoje em dia tem aplicativo para smartphone e tablet que cura até mau-olhado e impotência? Pois é, os apps ajudam nisso também.

Traduza - On The Menu é um banco de dados com milhares de termos usados nas cozinhas do mundo. Você sabe o que é tête de veau roulée ou goong dten? Então… é melhor você saber.

Encontre - A Lonely Planet, queridinha dos mochileiros, têm um belo cardápio de guias, sistemas de busca por GPS e dicionários de frases em vários idiomas. Os guias paulistanos também estão aplicados: Veja Comer e Beber e Época SP.

Escolha - Quer saber o que os locais recomendam? Tente Yelp ou Urbanspoon e descubra o melhor na América do Norte e no Reino Unido com base na faixa de preço, vizinhança e tipo de cozinha. Para dicas de críticos de gastronomia e blogueiros, tente o LocalEats.

Capriche - Quer só o melhor e está disposto a pagar? Os guias mais chiques do mundo também entraram na onda app. Tem Michelin, Zagat e Gambero Rosso.

Reserve - Em vez de rodar a cidade atrás do jantar, reserve sua mesa com o OpenTable em mais de 13 mil casas em três continentes.

Compartilhe - Contar para os outros é parte da graça de uma viagem. Divulgue aquela foto apetitosa no gringo Foodspotting ou no prata da casa Instafood. E saia do virtual: mande a imagem para o HazelMail que o app tranforma em um cartão postal de verdade, sela e envia pelo correio.

Quer mais aplicativos dedicados a comer e cozinhar? Tem mais!